Enquanto isso, no brasil… Corte de verbas para Ciência

(Publicado dia 22 de janeiro de 2009 em http://stoa.usp.br/tom/weblog/41270.html)

Aqui você é o palhaço

Enquanto o presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, está a caminho de um maior estímulo a pesquisas científicas em seu país, tendência mundial, como na Índia, Coréia do Sul, China (alguém acha um link?) e possivelmente muitos outros países, o Brasil está cortando 18% das verbas destinadas para ciência e tecnologia.

O ministro da ciência e tecnologia, Sérgio Resende, considera o corte de R$ 1,1 bilhão como irresponsável. Segundo a matéria da Folha, o responsável pelo corte é o senador Delcídio Amaral (PT-MS).

Me pergunto, o que o minstro fez para evitar esse corte absurdo?  O que podemos fazer na prática como forma de protesto? Não sei se é reversível, mas os responsáveis devem pagar. Que tal algum leitor daqui adotar o senador Delcídio? (Melhor estender mais ainda a campanha Adote um Vereador, como já sugerido pelo Névio.)

Notícias relacionadas (entendendo a crise):

Veja também

Estou repetindo o post que escrevi no Ars Physica hoje pela manhã.


Bolão da greve na USP publicado no UOL

A jornalista Simone Harnik entrou em contato comigo na última sexta-feira para entender um pouco melhor sobre o bolão da greve e publicou hoje uma matéria sobre o assunto no UOL Educacão, veja Ex-aluno da USP faz bolão e premia quem acerta dia de início da greve na universidade.

Provavelmente o vencedor foi o estudante de direito Rafael Prince, pois funcionários da USP afirmaram que devem entrar em greve no próximo dia 5, a data apostada por ele. Já entrei em contato com ele via Twitter para ver como entregarei os prêmios. O livro de Ferreira Gullar, doado gentilmente pela Carlyne Paiva, também será entregue e vou falar com meu amigo Gustavo D’Andrea qual livro ele vai doar.

Infelizmente a brincadeira foi mal compreendida por algumas pessoas.