Sou um criminoso

Você já trocou algumas músicas com seus amigos? Fez alguma cópia de um filme passando na TV para assistir mais tarde? Fez alguma cópia de um DVD ou CD que você comprou? Ao invés de ir até a biblioteca mais próxima, leu no seu computador algum livro em formato eletrônico que estava a um clique de distância? Deixou na pasta da sua disciplina um livro para seus alunos fazerem uma cópia? Já copiou algum livro ou trecho de livro, porque seria economicamente inviável comprar todos os livros necessários para um determinado fim? Usou algum artigo científico que não constava na lista de periódicos de sua universidade? Até mesmo copiou algum poema sem pedir autorização para o autor, usando num cartão romântico para sua pessoa querida? Usou algum avatar de alguma figura que achou na Internet e nem sequer notificou o autor? Contou alguma piada sem se preocupar com quem a criou? Usou alguma figura que achou na Internet ou revista para algum trabalho do colégio ou faculdade? Ou você é daqueles que roubou algo da lista de David Weinberger?!

Se respondeu sim a alguma dessas perguntas, você juntou-se ao grupo dos criminosos do “copyright”. Vou tirar uma foto mais tarde e enviar para eles.

(Publicado originalmente dia 13 de setembro de 2008 em http://stoa.usp.br/tom/weblog/31970.html)



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s