Ping-pong intelectual

(Publicado originalmente dia 12 de marçode 2007 em http://stoa.usp.br/tom/weblog/931.html)

Também experimentei pela primeira vez a controvérsia do debate filosófico. Evans era um debatedor intenso, impaciente e inflexível; como mencionei antes, ele sentia prazer em constranger os ingênuos (talvez demasiado prazer). A atmosfera na sua aula era intimadora e excitante ao mesmo tempo. Como vim a saber mais tarde, essa é uma característica comum do debate filosófico. Não a sonora recitação de vagas profundidades, mas um conflito de intelectos analiticamente brilhantes, com egos palpitantes atrelados a eles. De fato, verdade seja dita, a filosofia e o ego nunca estão muito distantes. A discussão filosófica pode ser uma modalidade violenta de esporte intelectual, no qual os egos são feridos e abatidos, ou até mesmo crucificados. Observei pessoas lívidas e com a boca seca antes de fazerem uma exposição para uma audiência de pessoas seletas, e visivelmente abaladas ao término dela. Ninguém gosta de ser refutado publicamente, e em filosofia isso acontece o tempo todo. Percebi em Evans alguém com uma habilidade considerável para o debate e sem dúvida fiquei atraído pelo tipo de poder e respeito que isso proporciona. Mostrar-se por vaidade é também uma característica da vida filosófica.

‘Lógica e linguagem’, do livro ‘A construção de um filósofo‘, Colin McGinn (filósofo descrevendo o quadro de um departamento de filosofia em Oxford na década de 70).

Será que no Brasil existe um ambiente como esse? Me parece improvável, senão impóssível. Pelo menos no momento.

Muitos de nós sabemos que muito existe dessa recitação de vagas profundidades…



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s