Sony Reader PRS 505: um bom aparelho para ler ebooks

(Criado originalmente dia 2 de setembro de 2008 em http://stoa.usp.br/tom/weblog/31256.html)

Em meados de 2002/2003, vendo a crescente quantidades de ebooks, ou livros eletrônicos, na Internet, como os do projeto Gutenberg, pesquisei sobre a existência de algum aparelhinho legal para lê-los, mas não encontrei nada satisfatório. Os formatos suportados eram muito ruins, o espaço em disco era muito pequeno, o preço muito elevado, poucas relatos positivos dos usuários etc.. Ficava me perguntando como é que ninguém fazia um aparelhinho desses. Não dar certo em países como o Brasil, onde ninguém lê, tudo bem, mas em países com um número razoável de leitores, não tinha como falhar.

Desisti de minha busca, um pouco frustrado com a quantidade enorme de livros em formato eletrônico legais para ler, mas que só poderia fazer no monitor, o que é horrível para mim, pois cansa muito meus olhos, ou se imprimisse, também inviável, pois sairia muito caro. Deixei um pouco de lado minhas espectativas de encontrar um aparelho para ler ebooks.

Felizmente, desde o começo de 2007,  passei a ouvir mais e mais sobre o surgimento de aparelhos que usam do e-paper, ou papel eletrônico (que já tinha ouvido falar faz tempo), feitos especialmente para ler ebooks! Desde então, passei a me informar sobre os aparelhos no mercado e que seriam lançados. Essa discussão no Slashdot e essa página comparando alguns aparelhos (esse site é muito interessante se você for comprar um), além de comentários dispersos na Internet, foram bem úteis na minha escolha. Aproveitando que minha namorada iria para os EUA no começo do ano, pedi que ela comprasse o Sony Reader PRS 505 ou o Cybook Gen3. O último estava esgotado, acabei comprando o da Sony. Custou U$ 330 (300 + 30 de imposto), aproximadamente R$ 575. Em algumas páginas na Internet brasileiras cheguei a encontrar o aparelho entre R$ 1200 e R$ 1400 (Por que será que importação é tão cara por aqui? Se não temos competência para construir, vamos deixar a população sem produtos que melhorarão a vida delas?). Ouvi muitos comentários negativos sobre o bastante divulgado Kindle, da Amazon, principalmente sobre o formato do aparelho e limitação dos formatos de ebook aceitos, então ficou fora da minha lista.

A escolha foi ótima. Vou explicar um pouquinho em palavras sobre o PRS 505, mas se preferir, veja o vídeo que fiz logo acima (download MP4 – 25 Mb). O aparelho vem com 256 Mb de memória e suporta cartões de memória Stick Duo de até 8 Gb ou SD de até 2 Gb. A bateria dura bastante. Diz na página da Sony que dá para virar 7500 página com ela cheia. Nunca testei, mas dura no mínimo 1 semana com 1 hora de leitura diária. Para carregar a bateria vazia via USB, demora em torno de 4 horas. Há uma fonte para recarregar na tomada (na metade do tempo do USB, segundo site da Sony), que possibilita a leitura enquanto recarrega, diferente do USB.

Os formatos para ebooks aceitos pelo aparelho são LRF (formato proprietário da Sony), PDF, RTF, DOC (é convertido em RTF), TXT e, recentemente com o upgrade do firmware do aparelho, também ePub(!), um formato totalmente aberto. Também é possível visualizar imagens (em preto e branco) JPEG, GIF, PNG e BMP e ouvir sons nos formatos MP3 e AC3, mas praticamente não uso o aparelho para isso, exceto nos casos em que os próprios livros possuem imagens.

Com relação aos formatos de ebooks, até o upgrade que possibilitou o uso do ePub, o melhor era o LRF. Com o LRF temos 3 tamanhos das fontes. Para mim, a fonte pequena já é agradável para leitura. A visualização de PDF também está melhor. Agora aceita os 3 tamanhos de fonte, sendo a média a mais agradável. Antes as letras eram muito pequena, então eu tinha que girar a tela para landscape, visualizando apenas metade da página. Ainda tem o inconveniente que, dependendo do PDF, as linhas ficam quebradas, mas isso em geral ocorre com artigos com duas colunas e um resumo logo no topo, comum em artigos científicos. O TXT também enfrenta esse problema da quebra de linha, então é preciso ter um TXT com o número de caracteres por linha adequado para o tamanho da fonte que você prefere ler. Para fonte pequena, são 65 caracteres por linha.

Infezlimente, o software da Sony para manipular seus ebooks só funciona no windows. Felizmente, indiano Kovid Goyal, físico do Caltech, escreveu o programa Calibre, que também funciona em Gnu/Linux! Além de ser muito prático na manipulação dos metadados (nome do autor, título, capa do livro etc.) e para transferir ebooks do PC para o PRS 505 e vice-versa, ele também serve como um conversor de feed RSS em ebooks, o que pode servir para eu pegar as notícias dos jornais (já atualizados ao novo século) com bastante facilidade.

Caracteres com acentos da língua portuguesa funcionam normalmente no aparelho, em todos formatos que testei até o momento (TXT, PDF e LRF).

Esse é um dos primeiros aparelhos forte no mercado. Certamente em breve estará ultrapassado com hardwares mais modernos, mas por enquanto, é uma boa escolha. Se você quiser ler confortavelmente seus ebooks, recomendo.


6 Comentários on “Sony Reader PRS 505: um bom aparelho para ler ebooks”

  1. […] Lessig (está sob licença Creative Commons, portanto pude converter em LRF para ler no meu leitor de ebooks), a notícia sobre esse site foi fantástica. Me impressiona como os verdadeiros criadores, não […]

  2. Leno disse:

    Muito bom seu review, me fez decidir que TENHO que comprar este modelo. Pena que não conheço ninguém que viaje para qualquer país que o tenha, terei que comprar nestes careiros mesmo. Preciso ler toneladas de monografias, textos sobre a bolsa (meu hobby) e me parece perfeito. Sabe dizer se é fácil encontrar a bateria dele para comprar separado caso estrague no futuro?

  3. Tom disse:

    Oi, Leno.

    Dê uma olhada nos aparelhos novos que estão surgindo. Eu fiquei bem curioso pelo novo modelo da Sony que possui touchscreen, mas li que a qualidade da tela não é tão boa. Melhor analisar os diversos vários modelos na matriz de comparação que mostrei no texto acima.

    Até o momento a bateria do meu não teve problemas e não investiguei sobre isso.

  4. Marceli disse:

    boa noite

    Muito bom mesmo, eu ja estava com muita dor de cabeça pois lia os e-books diretamente do PC. Além de ser muito incômodo para a coluna. Obrigada pelo esclarecimento, Vou adquirir um desse e vou estudar muito melhor.
    abraços fraternais

  5. Miguel Sanchez disse:

    Um site bom para se baixar livros gratuitamente eh o Koosb:

    http://www.koosb.com/

  6. Milena disse:

    Ola… estou encantada com esse aparelho e estou à procura ha algum tempo, mas sem sucesso. Gostaria de saber se você pode me indicar algum local onde eu possa compra-lo. Obrigada.

    Abraços,
    MILENA


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s